Projeto

O projeto LEATHER TEC promovido pelo CTIC trará uma nova dinâmica na transferência de conhecimento e tecnologia para as empresas, tanto pela valorização de resultados de I&D, como pela vigilância tecnológica de âmbito internacional, contribuindo para o upgrade tecnológico do setor de curtumes.

No âmbito do projeto serão realizadas diversas atividades de desenvolvimento experimental, disseminação e demonstração, valorizando não só os aspetos tecnológicos, mas também os relacionados com a economia circular.

Código do projeto | POCI – 01 – 0246 – FEDER – 026774
Apoio no âmbito do Sistema de Incentivos |Sistema de Apoio a Ações Coletivas – Transferência do Conhecimento Científico e Tecnológico
Designação do projeto |LeatherTec
Período de execução: 01-09-2017 a 31-08-2019

Podemos dividir as atividades deste projeto em “Atividades de suporte” e “Atividades de transferência de conhecimento técnico-científico”.

 

As Atividades de suporte serão:

A1 – Roadmapping tecnológico

Este trabalho será efetuado através de:

- ações junto das empresas no sentido de identificar a sua situação tecnológica, quanto à bioquímica do processo de curtume utilizado – com sais de crómio, chrome-free, metal-free, etc. – e quanto ao tipo de equipamentos existentes e perspetiva de novos investimentos;

- pesquisa relativa à situação tecnológica global do setor de curtumes, em particular nos países de maior produção a nível mundial e com maior valor acrescentado nos seus produtos – Itália, França, EUA, China, etc.

- pesquisa relativa às tendências de mercado, com o objetivo de atualizar e confirmar os dados que o CTIC tem já recolhido, e que apontam para uma forte tendência ligada ao aumento da consciência ambiental e social do consumidor final, assim como um forte crescimento da sua exigência ao nível do conforto/saúde.

- Relatório de Inteligência Tecnológica, a desenvolver por AOPI que será contratado para o efeito, e que se focará na inventariação das tecnologias que têm vindo a ser desenvolvidas para o setor de curtumes e que têm sido alvo de proteção industrial.

Toda esta informação será integrada por forma a estabelecer uma estratégia quanto ao investimento que deve ser realizado pelas empresas no sentido do seu desenvolvimento tecnológico. Serão elaboradas duas brochuras com toda esta informação, que serão disponibilizados ao setor e apresentados em sessões públicas / seminários.

A2 – Vigilância tecnológica

Esta atividade decorrerá durante todo o período do projeto, envolvendo ações como:

- Criação e manutenção de base de dados, por área tecnológica, resultante da consulta das principais fontes de conhecimento técnico-científico relacionado com o setor. Será efetuada uma seleção das tecnologias mais interessantes e com aplicação mais imediata.

- Participação em congressos científicos internacionais para recolha antecipada de informação científica. Também neste caso deverá ser efetuado um rastreio das tecnologias de maior interesse, podendo depois testá-las e/ou divulgá-las às empresas. Salientam-se neste caso os congressos internacionais promovidos pela IULTCS.

- Participação em fóruns internacionais de debate, assegurando a representação das empresas portuguesas de curtumes nos locais onde se discutem tendências e se elaboram as normas que vão constituir os referenciais técnicos para avaliação de conformidade de produtos (destacam-se as Comissões técnicas do CEN e da ISSO, assim como a participação no GERIC – Rede Europeia dos Centros Tecnológicos ligados ao Couro).

Mensalmente, será publicada uma newsletter, enviada às empresas por e-mail, e disponibilizada na plataforma que resumirá os principais resultados obtidos nesta atividade.

A3 – Desenvolvimento experimental

Validação à escala piloto de tecnologias identificadas na Atividade anterior como sendo de maior interesse para o setor de curtumes. Como já referido, estas tecnologias poderão ser ou não alvo de teste. Isto porque, algumas delas resultam de projetos de I&D onde o CTIC participou, conhecendo já intrinsecamente o nível de aplicação que as referidas tecnologias poderão ter nas empresas. Noutros casos, trata-se de tecnologias que são divulgadas nos fóruns técnicos e científicos como validadas industrialmente e com vantagens comprovadas, mas sobre as quais há que confirmar a sua viabilidade quando aplicada à realidade do setor nacional. Neste caso, será necessário proceder a testes piloto de validação, antes de proceder à transferência de tecnologia para as empresas.

As atividades de transferência de conhecimento técnico-científico permitirão capacitar as empresas para a implementação de tecnologias que lhes traga maior valor acrescentado, gerando um elevado nível de diferenciação dos seus produtos. Estas atividades serão as seguintes:

A4 – Demonstração

No âmbito desta atividade serão promovidas ações de demonstração das tecnologias identificadas nas Atividades anteriores como sendo de maior interesse e que sejam passíveis de demonstração pública. Estas ações consistem na realização de experiências abertas ao setor, em que serão apresentados os resultados que as referidas tecnologias geram, e em que medida estes constituem uma mais-valia. Estas experiências terão lugar no CTIC (unidade piloto de simulação) e/ou em empresas de curtumes que disponibilizem para tal as suas instalações industriais.

Nestas ações de demonstração, além da realização de experiências abertas ao público e apresentação dos produtos e/ou aumentos de eficiência que as tecnologias geram, serão também apresentados os dados e a forma como se sugere que as empresas apresentem estas inovações ao mercado.

Serão efetuados vídeos comentados das ações de demonstração realizadas.

A5 – Disseminação

Esta atividade traduz-se na realização de ações de disseminação ditas tradicionais e noutras que consideramos de caráter inovador, dado que são inéditas, pelo menos ao nível do setor de curtumes.

Dentro das ações de disseminação tradicionais, refere-se a preparação e realização de seminários e a preparação e publicação de brochuras.

Prevê-se a publicação das seguintes brochuras, além das já mencionadas na Atividade Roadmapping Tecnológico:

  • “Produto conforto, uma tendência de mercado – tecnologias disponíveis e emergentes”
  • “Potenciar e elevar a performance da pele”

Prevê-se ainda a realização dos seguintes seminários, além dos já mencionados na Atividade Roadmapping Tecnológico:

  • “Produção limpa e circular - o couro ecológico”
  • 2 seminários sujeitos ao tema “Novas tecnologias para resposta às tendências de mercado da pele":
    • "Couro-Conforto"
    • "Couro-HighTech"

Dentro das ações de disseminação inovadoras, referem-se então as seguintes:

  • Criação de plataforma on-line dedicada ao presente projeto, que constituirá um fórum de debate aberto, e onde será também colocada a seguinte informação:
    • Brochuras;
    • Apresentações efetuadas nos seminários;
    • Newsletters;
  • Videos das ações de demonstração,
  • Criação de app, disponibilizando esta plataforma para acesso através de smartphones
  • Criação de exposição dinâmica de tecnologia, dirigida à fileira do couro, e que estará sediada em Alcanena – LeatherTech.

Contactos

CTIC – Centro Tecnológico das Indústrias do Couro | Apartado 158 - São Pedro 2384-909 Alcanena – Portugal
T: +351 249 889190 | F: +351 249 889199 | E: info@ctic.pt | www.ctic.pt

 

2018 © NSprojects.com

compete